Alternativas de Publicidade e Marketing usadas por empresários de Goiânia

Marketing de Entrada e de Saída

Os comerciantes em Goiânia que estão à procura de formas para se relacionarem com as pessoas que consumem os seus produtos e também procura como podem aumentar a valorização da marca, são estes que andam a mudar o destaque do marketing Out Bound Marketing para o Inbound marketing. Uns exemplos destes dois tipos de marketing e a forma como podem inflenciar o consumidor na conclusão da compra serão falados já a seguir.

Uma forma bem simples de diferencia o marketing externo (outbound) do de entrada (Inbound) é apenas uma analogia: pense que o marketing externo é um martelo e o de entrada é um íman.

Como podemos definir Outbound Marketing?

Este tipo de marketing acontece quando existe uma empresa concentrada apenas em criar oportunidades para vendas, tudo por via de pagamento dos media. No marketing externo, toda a percepção tem tendência para ser persuadida pelas várias ativadades que estão ligadas com a ocupação do funil das vendas. O Outbound consiste especialmente nas atividades tais como as feiras, a publicidade, cold calling, o telemarketing, e-mails com fins de marketing para lista de compradores. Todos esses métodos têm uma mensagem que se espera que adquira mais clientes para que as vendas aumentam e que captem a atenção de potenciais clientes.

Inbound Marketing

Inbound Marketing

Como podemos definir Inbound Marketing?

Quando existe um cliente que não está perto de todo o processo de compra – muito antes da parte em que este entra em contato com o mesmo – é bastante provável que tenha alguma relação com o marketing de entrada.

Uma forma bem utilizada para se atrair novos clientes no marketing de entrada é a criação de um site ou de blog da marca, de uma empresa ou de um serviço. Assim, a pessoa que poderá ser cliente, por via de motores de busca, conseguem ter acesso ao website ou mesmo ao blog, e é assim que começam a ser clientes – mesmo que seja mais tarde – e até mesmo admiradores do produto ou do serviço da empresa ou marca. Dessa forma, quando existe mais exposição nestes motores de pesquisas, tais como no Google devido ao Search Engine Optimization, podem ser adicionados muitos mais visitantes, o que faz com que a oferta seja muito mais vista e, por isso, hajam mais vendas.

Adicionado ao Search Engine Optimization, uma administração adequada de campanhas publicitárias nas redes sociais, e a empresa ou marca terá um aumento enorme em captar a atenção do público com a oferta que faz. Isto trará, sem dúvidas, um valor enorme para o branding do serviço ou da marca, como também mais vendas.

Nos dias de hoje a maior parte das estratégias em termos de marketing estão bastante ligadas com o Outbound Marketing, mas mesmo assim, devido à chegada de tecnologia mais avançadas, está a começar a ficar muito mais fácil para os consumidores poderem evitar o bastante usado marketing. Ainda que seja bastante eficiente e também gera bastante dinheiro e investimentos, os consumidores estão a começar a ficar mais intolorantes a esta forma de estratégia, visto que é utilizada sem parar.

Os consumistas têm sido muito mais ativos no que diz respeito a filtrar toda os anúncios e publicidade que querem ver. Assim, não usam nem o Outbound marketing nem o Inbound nos seus processos de compra. Mesmo que seja apenas no principio da pesquisa sobre o serviço ou o produto, isto é, ao se comparar vários produtos e diferentes marcas para que se possa comprar o melhor.

A forma de se criar alguma ligação bastante duradoura com os consumidores por via de várias estratégias, é algo que já não é tão comum. Isto porque as pessoas vêm, ouvem e lêem cerca de 2000 anúncios por cada dia! Todas estas publicidades são bastante irritantes para todos os consumidores, e esses mesmo arranjam maneira de bloquear todas elas de forma a evitar que prejudiquem a sua vida profissional ou pessoal-
O Caller ID foi o primeiro método que apareceu para que se pudesse evitar todo este marketing. Foi então por esse que muitos outros seguiram, também devido às tecnologias, usando os conhecidos filtros para os emails, o adblock que remove todos os anúncios no seu browser, o “Tivo” e muito mais! Tudo isto porque as pessoas já não conseguem aguentar mais publicidade.

O seu produto ou empresa tem um túnvel de conversão? Como está tudo a correr lá?

Uma das mais fundamentais vantagens do Inbound marketing é que este se mexe no local onde as pessoas que querem consumir já andam a aprender sobre imensos serviços e produtos e, muitas vezes, já têm comprado. Desta forma, com este tipo de marketing, a parte bem dificil de se tentar arranjar várias formas de conseguir ir mais além das barreiras que foram estabelecidas por pessoas que tentam bloquear estes tipos todos de marketing, não importa nada.

Logomarca Goiânia

A meta do Inbound marketing é simplesmente levar os potenciais clientes a encontrarem ofertas – como produtos e/ou serviços – onde na grande parte das vezes, estes clientes já tenham tido interesse ou até demonstrado que poderiam estar interessados. Por exemplo, clientes potenciais que tiveram acesso a um website por via do Google, já que procurava esse mesmo produto ou serviço. O fim do Inbound Marketing é captar a atenção dessas pessoas – que podem comprar – aliciando-os com algo que seja interessante para eles, e por isso forma fazer com que – mais tarde – se tornem realmente clientes.
Todo esse conteúdo pode estar no blog, pode ser mandado por via de emails publicitários e se o cliente entrar para esta lista, então terá de ser reencaminhado para um funil de vendas.

Ainda que que o Inbound Marketing não pare de aumentar e cresça de forma constante, o perfil dos vendedores – da sua maioria – mostra que nos dias de hoje 90% de todo o esforço de marketing é do Outbound e apenas 10% é para o de Inbound. Os especialista têm aconselhado cada vez mais às empresas para que estas mudarem estas estatística, e que se foquem em gastar dinheiro com o Inbound Marketing.

Falando sobre a analogia anterior, de que o Inbound marketing funciona como um íman, as pequenas peças deste que gravitam em torno do produto seriam dos blogs e sites, dos motores de pesquisa, e dos medias – como as redes sociais (Youtube, e muitos outros).

Se tem algum interesse em ter um maior alcance, a captação da atenção das pessoas e o reconhecimento da marca, e também quer saber como explorar todas as hipóteses do Marketing de entrada, então entre em contato com os serviços de Seo na cidade de Goiância desta empresa. É bem claro que o SEO e o Inbound e Outbound Marketing podem ajudar a mostrar o potencial todo que os seus produtos, marcas ou serviços têm para seus clientes em Goiânia.

Goiânia – uma potência econômica no Centro-Oeste

 

Prédios Residenciais em volta do parque Vaca Brava Header 900x200

Goiânia é uma das mais belas capitais de todo o Brasil. Isso ninguém pode negar. A capital do estado de Goiás é reconhecida por seu clima agradável, sua gente hospitaleira e por ser uma das grandes potências econômicas da região Centro Oeste, estando diretamente ligada a Brasília, a Capital Federal, através da BR 060. As duas cidades, aliás, mantêm boas relações de negócios e fazem excelentes investimentos para melhorar a vida dos goianos e dos candangos que escolheram o estado de Goiás para firmar moradia e construir a sua vida.

Neste artigo, teremos a alegria de conhecer um pouco mais sobre os aspectos econômicos que constituem a vida nessa cidade, que é uma metrópole com ritmo de cidade do interior.

1. Aspectos econômicos

A nível de economia, é impossível afirmar que Goiânia vai mal. Pelo contrário. Apesar de estar sendo noticiado que o prefeito Paulo Garcia tem feito uma administração desastrosa, como nunca se viu pior, a cidade é uma das mais promissoras e possui altíssimos níveis de desenvolvimento humano, maior que o de muitas outras metrópoles brasileiras.

O estado de Goiás faz investimentos maciços na cidade e trabalha em parceria com a prefeitura para dar aos goianienses mais qualidade de vida e o sentimento de orgulho de morar nela. E embora todo o país esteja passando por um grave período de recessão, as obras não param na cidade. Há sempre uma nova idéia, uma reforma, a instalação de um parque, a construção de um novo prédio… Enfim! Quem vive em Goiânia deve estar acostumado com o trabalho em prol da cidade, porque eles são maciços e constantes.

2. Geração de emprego

O desemprego em Goiânia não é dos maiores do país porque a cidade possui um comércio muito forte, uma indústria bem consolidada e um serviço público que sempre contrata os profissionais através de concurso público.

Transporte Público em Goiânia

Transporte Público em Goiânia

3. Desigualdade social

A questão referente à geração de emprego ajuda a diminuir a desigualdade social e determina a qualidade de vida do seu povo. Com mais gente trabalhando, há mais dinheiro circulando, o mercado se aquece e todos ganham. Até mesmo o setor de serviços, que é contratado para executar um projeto específico, não sofre falta de serviço. Exemplo disso são os pedreiros e ajudantes, que nunca ficam desempregados.

Claro que há a problemática da inflação, que em todo o Brasil está passando por um período delicado em que está quase estourando o teto da meta, mas nada tão grave que possa causar demasiada preocupação. O goianiense precisa unicamente manter o controle e tocar a vida normalmente, porque a situação perante a inflação ainda é bastante cômoda.

4. Iniciativa privada

O incentivo à iniciativa privada é algo maravilhoso. Em Goiânia, o comércio tende a viver bastante tempo e encontra no poder público um aliado para a manutenção das suas atividades. Para isso existem as isenções fiscais, os subsídios, o Banco do Povo e tantas outras formas de incentivo que os governos estadual e municipal criaram para dar mais robustez e consistência à iniciativa privada.

Tendo a seu favor todos os incentivos que são oferecidos pelo poder público, os empresários têm tempo para conhecer o mercado, analisar o perfil do seu público alvo e estabelecer estratégias e metas a fim de alcançar o sucesso que tanto almeja. Trata-se, portanto, de um trabalho feito a fim de fortalecer o mercado e, juntamente com ele, a economia local.

5. Ponto de vista

Goiânia já teve por inúmeras vezes o título de cidade com maior índice de qualidade de vida em todo o país. Quando não esteve em primeiro lugar, esteve entre as primeiras. Isso é muito justo, porque realmente a capital de Goiás é uma cidade maravilhosa para se viver!

Se você não a conhece, esteja à vontade! O povo goiano lhe espera para conhecer uma cidade encantadora!